cozinha de pensamentos

::.. Escrever é um ócio trabalhoso ..:: -- Goethe

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Alta Expectativa

Sim, ela quer ser a melhor.
Quer dizer que se conhece bem,
Suas respostas sabe de cor,
Que é eloquente como ninguém.
É sempre a primeira a falar
Sabe-se lá o que podem comentar!

Talvez digam que ela é misteriosa
ou ainda que é agressiva
Porque fala o que pensa
Quando em palavras se faz curiosa
mas então afoga uma dor imensa.
Ela é quem não está no espelho
Mas sim a Expectativa em sua mente.
Sim, alta é a Expectativa,
de belos olhos verdes e sorridente.
Essa tal Expectativa não precisa ser modelo
Só tem que ser tão forte,
Que nem mesmo seu alto porte
Se derrote com o tamanho G de seu manequim;
Mas se orgulhe de seu farto decote,
E possa sempre dizer 'sim'.
Ela não precisa esconder sua palidez
Já que orgulha-se de suas vitórias
e aos elogios cede com rapidez.

Essa tal Expectativa é vaidosa
Cercada de amigos que lhe querem bem
Admirada por ser charmosa
E por fazer o bem sem olhar a quem.
No entanto esta Expectativa batalha
Contra a catarata que criou
Usando a razão como navalha
para descamar a carne das mentiras
E curando com beijos o que cicatrizou.

Chega-lhe a alegria que levanta ao ar
Onde não muito frequente tinha ido
E uma rasteira lhe faz mergulhar num mar
Pleno de sentidos e sensações, porém infinito.
Ela abre os braços com gosto
E por ele se deixa levar
Num momento de extremo gozo
Pois a liberdade parece alcançar.

[ R.M. 10/10/2006 ]