cozinha de pensamentos

::.. Escrever é um ócio trabalhoso ..:: -- Goethe

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

3... 2... 1... FELIZ AMANHÃ!!!

3, 2, 1... pronto, agora eu deveria me sentir feliz, renovada e esperançosa. Os fogos são lindos, as pessoas se abraçam, brindes e gritos de alegria por todos os lados. Realmente é contagiante. Respiro fundo ao sentir a brisa do mar e a areia sob os pés. Essa champangne me faz mesmo sentir especial... ahh 2008!

Como assim!? O ano já passou e aqui estou eu prestes a fazer isso tudo de novo!? O que houve que não o vi passar? Quais foram as realizações, frustrações, dificuldades deste ano? Não lembro! Se me esforçar, consigo pensar em alguns meses atras, mas um ano? Mal lembro o que comi ontem para o jantar.

Mas de uma coisa eu posso lembrar: como me sinto neste momento. Como está meu nível de realização? Amo e sou amada? Faço um trabalho do qual me orgulho? Consigo gerenciar o financeiro? Gosto da vida que levo? Estou satisfeita no meu círculo de amizades? Engraçada a efemeridade destes sentimentos... o que sinto agora pode não ter nada a ver com o que achava ontem.

E essa coisa de não lembrar... por que a gente esquece? Se foi um ano de realizações, eu deveria saber enumerá-las todas. E pra onde foram as decepções? Ah, estas estão no sótão... Não sei quais foram, mas sinto-as lá escondidas. Talvez a mente tenha lá seus truques para compensar as perdas e ganhos. Eu não tento revirar esses escombros, mas reconhece-los pela superfície.

Penso que a forma mais sensata de se olhar a chegada de mais um ano é pensar que como mais um dia, amanhã é tempo para continuar a por em pratica o que se aprendeu, de se esticar um pouco mais para alcançar os objetivos. Querer esquecer os problemas e agir como se eles nao existissem funciona enquanto o alcool correr no sangue, mas não dura o suficiente. E ao mesmo tempo, querer repensar em cada falha e todo o longo caminho à frente, não trará o ânimo para persistir. Não se alarme se não compartilhar da histeria coletiva. Caso positivo, goze-a enquanto durar.

Uma frase atribuída a Lennon diz que "a vida é o que acontece enquanto você está ocupado fazendo planos". Nem planejar demais ou de menos. Nem viver só no hoje. Não tentar apagar o que passou. Nem idealizar o que virá. Viver é usar da melhor forma possível o que se tem em mãos: o agora. Continue ocupado. Renove a esperança. Mantenha certa ingenuidade. Faça bem agora, construa um feliz AMANHÃ a cada dia que passa!