cozinha de pensamentos

::.. Escrever é um ócio trabalhoso ..:: -- Goethe

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Adocao da Frida e minha qualidade de vida

Salvo o tempo que tive gatinhos quando crianca, por muitos anos nao tive contato com animais. Ate porque, vamos combinar, a correria do dia-a-dia nao abre espaco pra mais uma responsabilidade.

Daih, com o tempo, a distancia da familia, a vida numa cidade apatica, num estado diferente, ter sotaque que eh motivo de piada e todas as outras ansiedades de uma mulher contemporanea, um dia acordei com lembrancas da infancia.

Decidi adotar um gatinho, e nao sabia como. Ate que no trabalho, uma colega tinha 4 filhotes pra doar. Mas o meu trabalho inicial era convencer meu namorado a ter mais um morador na casa. Ele gosta de cachorros. Daih disse que no dia que a gente mudasse pra uma casa, teriamos um. Mas que num apartamento, soh dava pra comportar um gatinho, pelo qual eu seria totalmente responsavel. Trabalho feito, fiz compras ansiosas para a chegada do bichano: racao para filhotes, areia sanitaria, caixinha, potinhos para agua e comida. E eh claro, varias pesquisas na internet sobre cuidados de gatinhos.

Depois de aguardar 45 dias, quando os filhotinhos sao desmamados, fomos la escolher e buscar meu futuro filhote. :) Eu pedi que meu namorado escolhesse, pois eu fiquei encantada com todos. Ele bateu o olho numa femea, do tipo (Egyptian Mau), e disse que era ela. Eu tinha em mente ter um filhote macho, mas concordei.

Depois do estranhamento inicial do novo lar, Frida inspecionou o local e ja escolheu seu primeiros cantinhos favoritos. Da minha parte, veio a adaptacao de ter MAIS um sob os meus cuidados (sim, meu namorado tambem precisa la dos seus cuidados rs): trocar a agua com frequencia, garatir que tenha racao no seu potinho e manter a areia sanitaria limpa.

Uma vez que isso entrou na minha rotina e tambem saturei meus amigos com fotos e videos de como ela era tao fofa, eu notei outros beneficios. O primeiro obvio sinal era de como eu fiquei feliz por ter encontrado ela, e agora ja estivesse fazendo parte da minha familia. Rapidamente desenvolvi um amor maternal inesperado por essa coisinha peludinha. Enquanto vendo TV, ela vinha no meu colo, se embolava como uma bolinha, e la dormia como um bebe.

Algumas amigas que sao recem-maes dizem que este eh um dos primeiros sinais de quando o relogio biologico “starts ticking”. Eu concordo ate certo ponto, mas me recuso a entrar no merito de porque ter um bichano eh MUITO mais legal que ter um filho – ate porque eu ofenderia a muitas maes fervorosas por aih.

Alem da alegria que a Frida trouxe para nossas vidas – sim, meu namorado concorda apesar de sempre ter achado que era ‘meio gay’ um homem admitir que gostasse de gato – a qualidade de vida ficou notavelmente melhor. Eu tenho um trabalho estressante que demanda muita energia (como a maioria das pessoas), porem EU tenho a dificuldade de me desligar deste desgaste. Sempre chego em casa com dores na nuca e ombros, com a mente um tanto quanto cheia e ao mesmo tempo “dormente” que eu raramente consigo ter energia pra falar ou absorver qualquer outra informacao (leia-se ’saber como foi o dia do meu namorado’).

Meu ritual era chegar em casa, sentar no sofa e ligar a TV. Embora nao prestasse atencao nenhuma, eu queria que algo me ajudasse a relaxar (que contradicao essa… TV soh me estressa – e soh descobri agora). Daih, com a Frida, ela ja vem correndo em minha direcao ao ouvir o barulho da chave na porta. Com seus miados (leia-se ‘pedidos de carinho’), eu a pego no colo e vou ate o sofa. La brincamos, faco carinho, dou um pequeno ’snack’… voila! Estamos as duas muito felizes. Com tao pouco e minimo de tempo, eu to renovada. Ja me pego sorrindo e descontraida.

Gatos sao animais inteligentes, de personalidade e surpreendentes com suas peripecias, saltos e espirito curioso e brincalhao… alem daquele velho espirito cacador que eh tao charmoso nos gatos. Sou uma eterna fa destes felinos tao leais e carinhosos.

Para quem nao eh fa de gatos, descubra qual eh seu bicho favorito, e curta muito mesmo!

Sao poucos os projetos para adocao de gatos, entao vai aqui um:

http://www.adoteumgato.com.br/index.htm